Skype para Linux Alpha, Chrome e Chromebooks

skypelogo_625
Anúncio em blogs.skype.com

Hoje, temos o prazer de anunciar o lançamento da versão Alpha do novo Skype para o cliente Linux. Este comunicado reafirma o nosso compromisso com um importante grupo de pessoas-a comunidade Linux. No 07:00 PST / 14:00 UTC de hoje, nós estaremos hospedando um Q & A entre os usuários de Linux e nossa equipe de engenharia para iniciar o Skype para Linux Alpha (venha e participe !) – Uma versão nova marca WebRTC do Skype para Linux-o lançamento de que garante que possamos continuar a apoiar os nossos usuários de Linux nos anos vindouros.

Como você deve ter adivinhado pelo nome, o Skype para Linux Alpha não é um cliente Skype em pleno funcionamento ainda. Estamos compartilhando com você agora, como nós queremos ver em suas mãos o mais rápido possível. Uma vez que você baixou o aplicativo , você vai perceber que é muito diferente do Skype para Linux cliente que você usa hoje. Por exemplo, você estará usando o mais novo, rápido e ágil Skype, você pode compartilhar arquivos, fotos e vídeos e enviar uma nova gama de novos emoticons.

Artigo completo blogs.skype.com

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Skype: Microsoft prepara novidades “excitantes” para o Linux

O Skype é a principal plataforma de comunicações da Microsoft. Depois da sua compra conseguiu conquistar espaço e ofuscar tudo o que a empresa tinha.

Mas este cliente de IM tem actualmente uma lacuna. Se é activamente desenvolvido para a maioria das plataformas, no Linux foi simplesmente abandonado. Mas a Microsoft anunciou para a próxima semana novidades excitantes e importantes para a versão Linux do Skype.

skype_linux_1

http://blogs.skype.com

Referencia http://pplware.sapo.pt

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Comodo tenta registrar para seu uso a marca do “Let’s Encrypt”, mas desiste após a reação

lets-encrypt-650px-84956

No final da semana passada veio a público a notícia de que a Comodo solicitou pelo menos 3 registros distintos relacionados à marca Let’s Encrypt, o cada vez mais popular serviço de registro gratuito de certificados digitais para domínios.

Os responsáveis pelo Let’s Encrypt não gostaram da carona, claro, e avisaram que iriam buscar seus direitos, mas que estavam dando uma oportunidade para a Comodo fazer a coisa certa e desistir do seu registro, e assim economizar recursos de ambas as partes.

O CEO da Comodo respondeu em público dizendo que o direito era dele, e que quem está copiando alguma coisa é o Let’s Encrypt, e tentando atrair a simpatia do público com uma afirmação curiosa: “we are the good guys” – “nós somos os mocinhos”. Pois sim!

Mas discurso, nesse caso, não basta. Conforme foram sendo esclarecidos os direitos e a firmeza de cada uma das posições, a Comodo deu meia-volta e anunciou que desistiu formalmente dos registros, e ainda agradeceu ao Let’s Encrypt por ajudar a encontrar uma solução.

O Let’s Encrypt, elegantemente, não cantou vitória, apenas atualizou seu post original, confirmando que a Comodo retirou os pedidos de registro.

via http://br-linux.org

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Krita 3.0 – software de manipulação de imagens e pintura digital

Créditos = Elvis Vinicius (elvisviniciusΘgmail·com)

Lançada a versão 3.0 do Krita, incrível software de manipulação de imagens e pintura digital, agora com suporte a animação. Não é preciso esperar por repositórios para baixar esta nova versão. O krita está disponível para Linux através de “AppImages”. Basta baixar, marcar como executável e acionar o programa. Disponível apenas em 64bits e deve funcionar em qualquer distribuição recente.

Download direto para Linux: https://files.kde.org/krita/3/linux/krita-3.0-x86_64.appimage

Download para Para Mac e Linux no link a seguir: https://krita.org/item/krita-3-0-released/
Referência: krita.org

krita-3.0-1024x559

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Processador que usa a luz no lugar da eletricidade é 50 vezes mais rápido

processador

Processador que usa a luz no lugar da eletricidade é 50 vezes mais rápido
Redação Olhar Digital 05/01/2016 Chip Processadores

Pesquisadores da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, criaram um processador que usa a luz no lugar da eletricidade para transmitir dados, o que o torna mais rápido. Em testes realizados em laboratório, o novo chip conseguiu atingir a velocidade de 300 Gbps, 50 vezes maior do que o normal.

Como funciona?

Os processadores tradicionais usam os circuitos elétricos para se comunicar uns com os outros e transferir informações. O problema é que para atingir uma velocidade alta, eles acabam consumindo muita energia elétrica.

Para solucionar a questão, os pesquisadores usaram a fotônica. De acordo com o estudo, enviar dados usando a luz no lugar da eletricidade reduz a carga de energia do chip porque a luz pode ser enviada a distâncias mais longas, usando a mesma energia.

“Os circuitos integrados baseados na luz podem levar a mudanças radicais na computação e rede de arquitetura de chip, em aplicações que vão desde smartphones, supercomputadores e até grandes centros de dados”, conta Miloš Popović, professor da universidade.

Via olhardigital.uol.com.br

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Google lança seu próprio roteador:  OnHub

Fonte: Olhar Digital

 

Surpresa! Agora o Google tem um roteador próprio. Nesta terça-feira, a empresa apresentou o OnHub, um novo roteador criado em parceria com a TP-Link, que promete solucionar os problemas mais comuns que todos têm com sua conexão Wi-Fi, incluindo desconexões aleatórias e velocidades que não estão satisfatórias.

Como era de se esperar, não é qualquer roteador. O produto é um AC1900 dual-band, o que significa que ele é capaz de transferir dados em velocidade de até 1,9 gigabits por segundo dividido em duas bandas de Wi-Fi: uma de 2,4 GHz e outra de 5 GHz. Ele também conta com um design diferente dos roteadores comuns, lembrando bastante o visual do Mac Pro, o computador com formato de “lixeira” da Apple.

Em funcionalidade ele também promete ser diferente, com instalação simples e um sistema que faz uma varredura das ondas pelo ar para detectar qual canal é o melhor. Isso é feito com um design diferente de antena e um software que funciona de forma contínua para se ajustar automaticamente, mantendo a rede sem fio livre de interferências.

O OnHub pode ser configurado por meio de aplicativos no seu celular, tanto Android quanto iOS. Como já é tradicional do Google, não há app para o Windows. O produto foi criado também pensando no futuro, então ele também permitirá conexão com dispositivos via Bluetooth, pelo padrão Weave ou 802.15.4.

Por enquanto, o roteador é vendido por US$ 200 apenas nos Estados Unidos, por meio da loja oficial do Google, da Amazon e do Walmart. A empresa fala em expandi-lo para lojas físicas dos EUA e do Canadá em breve.

O Google também diz que deve lançar outro dispositivo similar em parceria com a ASUS em breve.

Vale observar: US$ 200 por um roteador é um valor altíssimo, até mesmo para o padrão americano, digno de produtos de altíssimo desempenho. O preço deve ser proibitivo para a maior parte do público, já que há opções bem mais baratas que não ficam muito atrás em qualidade. 

Publicado em O.S Linux | Comentários desativados em Google lança seu próprio roteador:  OnHub

Linux Mint 17.2 “Rafaela” RC já está disponível

Essa semana foi lançado a nova versão do Linux Mint a 17.2, “Rafaela” para Cinnamon e Mate uma versão LTS (Long Term Support) com suporte até 2019. O Kernel padrão é 3.16, está usando a base de pacotes do Ubuntu 14.04, também vem com algumas novidades e traz novas funcionalidades para deixar sua área de trabalho mais confortável.

Fonte: Buteco Open Source

Publicado em O.S Linux | Comentários desativados em Linux Mint 17.2 “Rafaela” RC já está disponível

Olhar Digital: Nova tecnologia pode regenerar tela rachada de celular

20150623130417_660_420 Já imaginou ter a tela do celular recuperada após uma queda que tenha causado dano? Uma tecnologia desenvolvida na Universidade de Bristol, na Inglaterra, promete oferecer a capacidade da tela do celular se regenerar após alguma fragmentação leve.

A tecnologia foi desenvolvida a partir de microesferas carregadas de um agente químico baseado no carbono. Quando a superfície é danificada, um líquido é liberado para preencher as fissuras. Ele endurece e fica invisível, reparando a rachadura.

O inventor da técnica criada inicialmente para a indústria de aviação, Duncan Wass, disse que ela poderia ser utilizada em telas de smartphones, ainda que para isso fossem necessários mais alguns anos de pesquisa.

O pesquisador compara sua invenção ao sistema de coagulação sanguínea de uma pessoa quando sofre um corte. Ainda, segundo ele, a técnica oferece uso ilimitado e até a indústria de cosméticos se interessou.

Wass acredita que sua técnica poderia ser incorporada a smartphones e outros dispositivos em cerca de cinco anos, mas para isso uma grande empresa do setor precisaria investir para viabilizar os custos. Não seria viável num curto prazo competir com a tecnologia usada atualmente nos visores, porque encareceria demais o produto final.

Via Forbes

Fonte: Olhar Digital: Nova tecnologia pode regenerar tela rachada de celular

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Navegador Chromium faz download de módulo proprietário que ouve pelo microfone e manda para o Google

Quem usa o Chromium (versão alternativa do Chrome) por ver nele os atributos do código aberto pode estar em um bom momento para reestudar suas opções, já que suas versões recentes fazem discretamente o download de um módulo proprietário para captar o áudio do ambiente (vi microfone embutido, quando há) e enviar para o Google, para implementar a função “Ok Google”.

O Google confirma que é isso mesmo: o download é feito sem solicitar confirmação do usuário (mas a ativação é só quando solicitado, dizem eles, sem que isso possa ser verificado no código), é intencional o módulo não aparecer na lista de complementos instalados, e o que o Chromium faz é responsabilidade de quem o distribui (como o Debian), e não do Google.

Talvez estejamos chegando perto do momento em que as pessoas que hoje já colocam uma fita isolante tapando a câmera de seus notebooks começarão a tentar descobrir como tapar os ouvidos de seus microfones internos. ( Via www.br-linux.org via www.privateinternetaccess.com – “Google Chrome Listening In To Your Room Shows The Importance Of Privacy Defense In Depth”)

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Netflix chega oficialmente ao Linux via Chrome

Usuários de sistema operacional baseado em Linux podem finalmente comemorar a chegada oficial do Netflix, popular serviço de streaming de filmes e séries de TV.

A novidade chega graças a uma parceria feita entre a Canonical, criadora do Ubuntu, e a Google que torna a versão 37 do Chrome no Linux compatível com a reprodução de vídeos do Netflix.

via http://www.techtudo.com.br/

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário