Google lança seu próprio roteador:  OnHub

Fonte: Olhar Digital

 

Surpresa! Agora o Google tem um roteador próprio. Nesta terça-feira, a empresa apresentou o OnHub, um novo roteador criado em parceria com a TP-Link, que promete solucionar os problemas mais comuns que todos têm com sua conexão Wi-Fi, incluindo desconexões aleatórias e velocidades que não estão satisfatórias.

Como era de se esperar, não é qualquer roteador. O produto é um AC1900 dual-band, o que significa que ele é capaz de transferir dados em velocidade de até 1,9 gigabits por segundo dividido em duas bandas de Wi-Fi: uma de 2,4 GHz e outra de 5 GHz. Ele também conta com um design diferente dos roteadores comuns, lembrando bastante o visual do Mac Pro, o computador com formato de “lixeira” da Apple.

Em funcionalidade ele também promete ser diferente, com instalação simples e um sistema que faz uma varredura das ondas pelo ar para detectar qual canal é o melhor. Isso é feito com um design diferente de antena e um software que funciona de forma contínua para se ajustar automaticamente, mantendo a rede sem fio livre de interferências.

O OnHub pode ser configurado por meio de aplicativos no seu celular, tanto Android quanto iOS. Como já é tradicional do Google, não há app para o Windows. O produto foi criado também pensando no futuro, então ele também permitirá conexão com dispositivos via Bluetooth, pelo padrão Weave ou 802.15.4.

Por enquanto, o roteador é vendido por US$ 200 apenas nos Estados Unidos, por meio da loja oficial do Google, da Amazon e do Walmart. A empresa fala em expandi-lo para lojas físicas dos EUA e do Canadá em breve.

O Google também diz que deve lançar outro dispositivo similar em parceria com a ASUS em breve.

Vale observar: US$ 200 por um roteador é um valor altíssimo, até mesmo para o padrão americano, digno de produtos de altíssimo desempenho. O preço deve ser proibitivo para a maior parte do público, já que há opções bem mais baratas que não ficam muito atrás em qualidade. 

Publicado em O.S Linux | Comentários desativados em Google lança seu próprio roteador:  OnHub

Linux Mint 17.2 “Rafaela” RC já está disponível

Essa semana foi lançado a nova versão do Linux Mint a 17.2, “Rafaela” para Cinnamon e Mate uma versão LTS (Long Term Support) com suporte até 2019. O Kernel padrão é 3.16, está usando a base de pacotes do Ubuntu 14.04, também vem com algumas novidades e traz novas funcionalidades para deixar sua área de trabalho mais confortável.

Fonte: Buteco Open Source

Publicado em O.S Linux | Comentários desativados em Linux Mint 17.2 “Rafaela” RC já está disponível

Olhar Digital: Nova tecnologia pode regenerar tela rachada de celular

20150623130417_660_420 Já imaginou ter a tela do celular recuperada após uma queda que tenha causado dano? Uma tecnologia desenvolvida na Universidade de Bristol, na Inglaterra, promete oferecer a capacidade da tela do celular se regenerar após alguma fragmentação leve.

A tecnologia foi desenvolvida a partir de microesferas carregadas de um agente químico baseado no carbono. Quando a superfície é danificada, um líquido é liberado para preencher as fissuras. Ele endurece e fica invisível, reparando a rachadura.

O inventor da técnica criada inicialmente para a indústria de aviação, Duncan Wass, disse que ela poderia ser utilizada em telas de smartphones, ainda que para isso fossem necessários mais alguns anos de pesquisa.

O pesquisador compara sua invenção ao sistema de coagulação sanguínea de uma pessoa quando sofre um corte. Ainda, segundo ele, a técnica oferece uso ilimitado e até a indústria de cosméticos se interessou.

Wass acredita que sua técnica poderia ser incorporada a smartphones e outros dispositivos em cerca de cinco anos, mas para isso uma grande empresa do setor precisaria investir para viabilizar os custos. Não seria viável num curto prazo competir com a tecnologia usada atualmente nos visores, porque encareceria demais o produto final.

Via Forbes

Fonte: Olhar Digital: Nova tecnologia pode regenerar tela rachada de celular

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Navegador Chromium faz download de módulo proprietário que ouve pelo microfone e manda para o Google

Quem usa o Chromium (versão alternativa do Chrome) por ver nele os atributos do código aberto pode estar em um bom momento para reestudar suas opções, já que suas versões recentes fazem discretamente o download de um módulo proprietário para captar o áudio do ambiente (vi microfone embutido, quando há) e enviar para o Google, para implementar a função “Ok Google”.

O Google confirma que é isso mesmo: o download é feito sem solicitar confirmação do usuário (mas a ativação é só quando solicitado, dizem eles, sem que isso possa ser verificado no código), é intencional o módulo não aparecer na lista de complementos instalados, e o que o Chromium faz é responsabilidade de quem o distribui (como o Debian), e não do Google.

Talvez estejamos chegando perto do momento em que as pessoas que hoje já colocam uma fita isolante tapando a câmera de seus notebooks começarão a tentar descobrir como tapar os ouvidos de seus microfones internos. ( Via www.br-linux.org via www.privateinternetaccess.com – “Google Chrome Listening In To Your Room Shows The Importance Of Privacy Defense In Depth”)

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Netflix chega oficialmente ao Linux via Chrome

Usuários de sistema operacional baseado em Linux podem finalmente comemorar a chegada oficial do Netflix, popular serviço de streaming de filmes e séries de TV.

A novidade chega graças a uma parceria feita entre a Canonical, criadora do Ubuntu, e a Google que torna a versão 37 do Chrome no Linux compatível com a reprodução de vídeos do Netflix.

via http://www.techtudo.com.br/

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Google quer que caso do copyright da Oracle sobre a API do Java vá direto para a Suprema Corte, Obama é consultado

Tags:
pushes to take Oracle Java copyright case to Supreme Court | ZDNet
tags:

As 9 linhas de código dos headers de uma API do Java que um tribunal de 2ª instância dos EUA considerou que violavam o copyright pertencente à Oracle porque foram copiadas e estão presentes no Android são muito mais importantes que o bilhão de dólares que a Oracle busca na justiça como reparação.

O desfecho desse caso pode ter consequências muito mais profundas, pois, se mantida a atual interpretação, leva à conclusão de que as definições de APIs podem estar sujeitas a todas as restrições dos direitos autorais, o que limitaria de maneira profunda a capacidade de produzir recursos e bibliotecas compatíveis entre si, a não ser com autorização expressa (e nos termos escolhidos) por parte do proprietário da primeira implementação.

Mas está sendo levado a sério como merece: o Google pediu que o caso pule as demais instâncias e vá direto à Suprema Corte dos EUA, e esta já iniciou sua análise, pedindo uma manifestação de ninguém menos que a Presidência dos EUA.

A EFF, a Red Hat, a HP e o Yahoo estão do lado do Google nessa. Eu também torço para que os argumentos dele sejam aceitos. (via www.zdnet.com – “​Google pushes to take Oracle Java copyright case to Supreme Court | ZDNet”)

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Google anuncia venda da Motorola Mobility para a Lenovo

Motorola Lenovo
O Google anunciou nesta quarta-feira (29) que fechou um acordo com a chinesa Lenovo para vender a divisão de celulares da Motorola, confirmando rumores publicados na noite de hoje. O valor da transação foi de US$ 2,91 bilhões. De acordo com Larry Page, CEO do Google, a venda permitirá que o Google concentre os esforços em inovações que beneficiem todo o ecossistema do Android.

Larry Page diz que o mercado de smartphones é altamente competitivo, afirmando que a Motorola Mobility será melhor administrada pela Lenovo, que lidera o mercado de PCs no mundo e está crescendo rapidamente no segmento de smartphones. Ele afirma que a Lenovo pretende manter a marca da Motorola, assim como a chinesa fez com a linha ThinkPad, comprada da IBM em 2005.

Fazendo referência ao Google Glass, ao Chromecast e à recente aquisição da Nest, Page declara que o mercado de dispositivos móveis é muito diferente do mercado de gadgets domésticos e vestíveis, e que a venda da Motorola Mobility não representa uma grande mudança nos outros esforços de hardware da empresa.

O anúncio soou como uma confirmação de que o Google estava interessado apenas nas patentes da Motorola Mobility ao comprar a fabricante de celulares em agosto de 2011, por US$ 12,5 bilhões. “O Google vai manter a grande maioria das patentes da Motorola, que continuarão sendo usadas para defender todo o ecossistema do Android”, diz Page.

É importante lembrar que, apesar de ter lançado dois smartphones que agradaram muito ao público pelo custo-benefício, o Moto X e o Moto G, a Motorola Mobility não estava gerando lucro. O último relatório financeiro divulgado pelo Google, referente ao terceiro trimestre de 2013, apontava perdas de US$ 248 milhões. Um ano antes, no terceiro trimestre de 2012, o prejuízo havia sido de US$ 192 milhões.

A Lenovo é hoje a maior fabricante de PCs do mundo e aparentemente também quer se tornar uma gigante dos smartphones, um mercado onde ainda está em quarto lugar, com apenas 4,7% de fatia de mercado, de acordo com o último relatório do IDC, referente ao terceiro trimestre de 2013. A empresa fez grandes aquisições nos últimos anos: comprou a divisão de PCs da IBM em 2005 (US$ 1,75 bilhões), a brasileira CCE em 2012 (R$ 300 milhões) e a divisão de servidores x86 da IBM na semana passada (US$ 2,3 bilhões).

A aquisição da Motorola Mobility pela Lenovo ainda passará pela aprovação dos órgãos reguladores.

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Edição de Natal – LibreOffice Magazine 8

Faça download da LibreOffice Magazine 8

LibreOffice Magazine 8

Comunidade LibreOffice Brasil lança a edição 8 da revista eletrônica LibreOffice Magazine.

Edição de Natal – LibreOffice Magazine 8 Dowload

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Microsoft aposenta MSN Messenger e integra serviço ao Skype

A Microsoft anunciou nesta terça-feira (6) que o MSN Messenger deixará de existir como é hoje e agora os usuários do serviço poderão usar o Skype para trocar mensagens. “Vamos aposentar o Messenger em todos os países [menos na China continental] no primeiro trimestre de 2013”, informou a companhia, por meio de comunicado. Também saem de uso aplicativos para celulares e tablets que permitam o uso do serviço.

Tela de login do MSN Messenger, que será
descontinuado bem 2013 (Foto: Reprodução)
Segundo a Microsoft, o esforço de integração dos dois serviços começou há algumas semanas, quando foi lançada uma nova versão do Skype, que permite que as pessoas se conectem ao Skype usando uma conta da Microsoft.
Piero Sierra, diretor de administração de programas do Skype, conta que espera que os usuários possam fazer uma boa transição. “O Skype é bem fácil de usar, quando você entrar todos os seus contatos já vão estar lá e as funções dele são mais poderosas”, explica, em entrevista ao G1.
Além disso, o executivo destaca o fato de o Skype já pode ser usado em diversas plataformas de smartphones e tablets, além dos desktops. “Do Skype, você também pode ligar para telefones do ‘mundo real’”, brinca.
Entenda a integração
A integração entre os dois serviços começa já nesta terça-feira (6). A companhia afirma que os usuários do Messenger já podem instalar a versão mais recente do Skype e fazer o login com a conta da Microsoft. A empresa garante que os contatos do Messenger já estarão integrados ao Skype.
“Se você já estava usando o Skype, pode conectar as duas contas [a do Skype e a do MSN] e juntar os contatos dos dois serviços”, explica Sierra. Ele conta que os contatos são integrados imediatamente. Já estando no Skype, o usuário pode se comunicar com seus amigos que já migraram ou com os que ainda estão no MSN.
Novas funções
Com o novo Skype, os usuários terão acesso a funções como chamadas em vídeo para celulares, chamadas para amigos do Facebook, videoconferências em grupo e compartilhamento de tela.
A partir desta terça-feira (6), a Microsoft já começa a divulgar o Skype para usuários do MSN no Brasil. “Vamos encorajá-los a tentarem por si mesmos. Acreditamos que a experiência é melhor”, explica Sierra.
Sierra explica que a integração entre os dois serviços foi feita porque a Microsoft quer oferecer aos consumidores as “melhores funções”. Segundo ele, os times que cuidam dos dois serviços também passam a se integrar.
Aposentadoria
A confirmação da aposentadoria do MSN vem depois de uma série de rumores sobre o assunto ter sido publicado. O blog de tecnologia americano The Verge informou que a Microsoft anunciaria a integração ainda esta semana.
A companhia informa que o MSN tem mais de 30 milhões de usuários no Brasil –o país é o mercado número um do serviço, que tem mais de 100 milhões de usuários no mundo.
Um estudo divulgado em julho pela E.life aponta que o MSN é o terceiro serviço mais usado pelos internautas brasileiros –apenas Facebook e Twitter são mais populares que ele. Para o levantamento foram entrevistadas 1.316 pessoas entre novembro de 2011 e fevereiro de 2012, segundo a E.life.

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário

Nova edição do Humble Bundle traz 6 jogos para o desktop Linux

O Humble Bundle alcançou notoriedade suficiente para dispensar a apresentação, mas vale destacar: os jogos de desenvolvedores independentes incluídos no pacote são isentos de DRM e funcionam no desktop Linux, no Mac, Windows e Android.

bundle 6

Como de hábito, cada usuário escolhe quanto quer pagar, e ainda pode escolher como quer que o pagamento se divida: qual o percentual que vai para os autores, para os empacotadores e para uma instituição sem fins lucrativos à escolha entre as integrantes da promoção (usualmente eu escolho a EFF).
No momento o pacote tem 5 jogos, e quem pagar acima da média (que no momento em que escrevo está pouco abaixo de US$ 6) ganha um título a mais: o Machinarium. humblebundle.com

(via linuxbr.com.br)

Publicado em O.S Linux | Deixar um comentário